A Condição Humana, publicado em 1958, é considerado o livro mais ambicioso de Hannah Arendt, filósofa e pensadora política, nascida na Alemanha, em 1906. Aluna de Heidegger, Husserl e Karl Jaspers, e embora sua obra seja basicamente uma grande reflexão sobre a teoria e a prática políticas de nosso tempo, a filosofia subjaz a toda ela. Na introdução, Hannah Arendt escreveu: "O que proponho nas páginas que se seguem é uma reconsideração da condição humana à luz de nossas mais novas experiências e nossos temores mais recentes. O que estamos fazendo é, na verdade, o tema central deste livro..." Sua obra, considerada uma das mais originais do pensamento neste século, vem sendo bastante estudada e difundida.


Anarquia Cotidiana

Stefan Molyneux

Clique aqui para ler

As Engrenagens da Liberdade

David D. Friedman

Clique aqui para ler

Teoria do Caos

Robert P. Murphy

Clique aqui para ler

Vícios não são crimes

Lysander Spooner

Clique aqui para ler