Publicado em 12 de junho de 2013 | por Christopher Coyne

A Economia do Dia dos Namorados

Quando falamos do Dia dos Namorados, os especialistas estão errados em pensar que, de alguma forma, os gastos do Dia dos Namorados estimulam a economia. A forma correta de pensar sobre o Dia dos Namorados é a oportunidade de encontrar um presente que tenha significado para a pessoa com que você se preocupa. E, fazendo isso, você pode expressar seu carinho por ela.

Transcrição de Juliano Torres. Tradução de Matheus Pacini
Revisão e sincronização de Luiz Rodrigo Silva de Souza || Original


Sobre o autor

Christopher Coyne

Christopher Coyne é diretor do departamento de economia na George Marson University. Também é editor da The Review of Austrian Economics.



Voltar ao Topo ↑