Caminho: Manuais Guia do Release Perfeito
 
 

Guia do release perfeito

E-mail Imprimir PDF

O que é um release e como fazê-lo?

Um bom release é apenas uma notícia que tem como foco principal o assessorado, ou seja, o Portal Libertarianismo (no exemplo). Exemplo: no caso do posicionamento durante a votação do salário mínimo, o título do release pode ser “Salário mínimo de R$ X pode provocar Y demissões”. O nome do Libertarianismo apareceria no primeiro parágrafo, como autor da denúncia em questão. Nas sugestões de entrevistados, o telefone do responsável e de um economista filiado ou parceiro das idéias defendidas pelo Libertarianismo. Português correto é básico ou você vira a piada do dia.

Para quem e quando enviá-lo?

Para conquistar a população, é importante se inserir no debate público, o que significa estar em contato com outras assessorias que não a de Política. Antes de enviar um release, é necessário saber qual caderno trata daquele assunto e só então mandar o texto para os repórteres e editores certos. O campo assunto deve deixar claro que é um release e sobre o que ele trata. O envio deve ser feito, de preferência, no começo da manhã, quando as pautas do dia ainda estão sendo definidas, ou no começo da tarde, caso o evento em questão seja na manhã do dia seguinte.

Vai ser publicado ou não?

A rotina de um jornal é muito corrida, portanto não ligue para saber se o release chegou. Se o e-mail não voltou, é porque o destinatário recebeu. A partir do momento do envio, a única coisa que se pode fazer é esperar o contato do jornalista com o celular ligado e carregado.

Atenda o telefone

É muito importante que, tanto o assessor quanto o assessorado, estejam preparados para atender o celular. Se o jornalista não conseguir contato, irá desistir da matéria. É trabalho do assessor avisar a fulano, beltrano e sicrano que irá enviar o release com o contato deles e explicar a importância de darem entrevista se forem procurados. Caso eles não possam, é também trabalho do assessor achar outra pessoa para substituí-los.

Acompanhando a entrevista

No caso de entrevistas feitas pessoalmente, não há problema se o assessor quiser acompanhar o processo. No entanto, ele jamais deve intervir, a menos que seja questionado sobre algo. Também não condicione a entrevista à sua presença.

Posso ler?

Jamais peça a um jornalista para ler o material antes de ser publicado. A pergunta ofende qualquer pessoa da classe. Também não dê sugestões de como acha que a matéria deveria sair. Lembre-se que o jornalista é um profissional de imprensa, portanto ele saberá como publicar.

Pautas exclusivas

Caso prometa exclusividade a um jornal, cumpra-a ou você corre o risco de ser ignorado por algum tempo.

Fotos

Pode acontecer de o jornalista precisar de fotos para ilustrar a matéria e não ter um fotógrafo à disposição. Na falta de um profissional, é também tarefa do assessor providenciar esse material e com a maior resolução já que uma foto de jornal precisa de, pelo menos, 300 dpi.