Ariel Sharon

Publicado em 15 de janeiro de 2014 | por Sheldon Richman

Sobre Ariel Sharon

Já vai tarde. Ele [N.R.: Ariel Sharon] era um monstro que via os palestinos como criaturas sub-humanas que contaminaram a terra judaica. Ele nada refletiu sobre supervisionar, se não ordenar, a matança de não-combatentes. Ele era completamente desprezível. Sua demagogia foi bem capturada nesta citação: “Existe pessoas lá fora que não entendem as verdadeiras intenções dos palestinos. Eu não sou um deles. Eles querem destruir Israel. Eles querem o nosso país.”

David Ben-Gurion, o primeiro ministro de Israel, era muito mais honesto:

Por que os árabes deveriam fazer as pazes? Se eu fosse um líder árabe eu nunca que faria acordos com Israel. O que é natural: nós tomamos o seu país… Nós viemos aqui e roubamos seu país. Por que eles deveriam aceitar isso?

// Tradução de Rodrigo Viana. | Artigo Original


Sobre o autor

Sheldon Richman

Sheldon Richman é um escritor político americano, acadêmico, ex-editor da revista The Freeman, atual vice presidente da Future of Freedom Foundation e editor da Future of Freedom, publicação mensal da FFF.



Voltar ao Topo ↑