Por William R. Thomas

Transhumanismo ou Extropianismo é uma coalizão ideológica centrada na ideia de que no futuro próximo, saltos tecnológicos significativos vão permitir um aumento radical na expectativa de vida humana e nas suas capacidades. Eles preveem um futuro quando os seres humanos poderão tornar-se ?pós-humanos? devido a uma melhora radical na saúde, poderes físicos e uma maior habilidade mental. Transhumanistas defendem abrangentes novas tecnologias como drogas (farmacêuticas), engenharia genética, cibernética e nanotecnologia para o bem de melhorar a vida e felicidade.

As premissas básicas do Transhumanismo são compatíveis com o Objetivismo. Transhumanistas enfatizam o uso da razão para avaliar novas tecnologias, veem o progresso tecnológico como algo desejável, e valorizam o controle individual sobre o corpo e a mente. Transhumanismo é uma ideologia para ?esse mundo?, descendendo do humanismo secular e rejeitando o misticismo. Os valores objetivistas podem se encaixar dentro da construção Transhumanista. E na medida que as projeções Transhumanistas do futuro são acuradas, Objetivistas seriam aconselhados a leva-los em conta.

Transhumanismo questiona atitudes tradicionais relativas ao auto aperfeiçoamento e preservação da vida. Isso faz do Transhumanismo uma fonte útil de ideias concretas sobre terapias, práticas e modos de vida. Estes vão desde os notórios (preservação criogênica) ao banal (dietas), mas são valiosas sugestões. Isso é simplesmente o uso da razão para se ter uma visão clara das possibilidades futuras.

Transhumanistas ficam excitados pensando sobre as complexas possibilidades da tecnologia numa sociedade futura. Não é acidente que escritores de ficção científica são figuras presentes no movimento. Para ter certeza, tecnologias futuras serão complexas ? eles vão utilizar a ?teoria da complexidade?! ? mas então, a sociedade hoje em dia é altamente complexa. Com quanto que o Capitalismo sobreviva e as pessoas preservem uma visão racional da vida, nós vamos ter o mecanismo social do mercado para nos ajudar a gerenciar a complexidade sem a necessidade de um planejamento central, e nós vamos manter a autonomia que nos precisamos em sociedade para guiar nossas vidas com sucesso.

Enquanto um Objetivista pode ser um Transhumanista, muitos Transhumanistas abraçam valores que são contrários ao Objetivismo. Isso é particularmente verdade em política, onde algumas lideranças Transhumanistas procuram ajuda governamental para tecnologias e programas de pesquisa. Ambientalismo é uma ideologia crescente na comunidade científica, e minha impressão é que o Ambientalismo está afetando pensadores Transhumanistas também, fazendo muitos deles mudarem de um ufanismo pró-tecnologia para algo como a sociedade deve gerenciar e controlar a tecnologia para impedir danos. Similarmente, os fundamentos morais do Transhumanismo podem estar mudando da promoção da autonomia e bem estar individual em direção a um utilitarismo que defende valorizar todas as formas de seres sensíveis, como animais. Isso é anti-humanismo para mim.

Outro risco ocupacional dos Transhumanistas é uma tendência de depreciar o homem como ele atualmente é. Transhumanistas argumentam que é possível fazer as pessoas mais saudáveis, mais inteligentes e mais capazes do que elas são hoje em dia, e que essas novas tecnologias vão tornar isso mais fácil. Isso implica que os seres humanos como nós somos hoje em dia são falhos? A tendência atual da ?psicologia evolucionária? frequentemente vê o ser humano como um ser dominado pelos seus traços e comportamentos herdados, muitos deles mal adaptados para o contexto moderno. Essa visão do homem é entusiasticamente abraçada por muitos Transhumanistas, que querem reparar os bugs no genoma humano e na sua psique.

Em contraste, Objetivistas, enquanto não negam que nós evoluímos, enfatizam as incríveis capacidades que os humanos atualmente têm, das quais está na base da visão heroica do homem no Objetivismo. Objetivismo também enfatiza o fato de que os humanos tem o livre arbítrio e são capazes de pensar, contra essas vindicações evolucionárias que nos pintam como autômatos. Que nós podemos ser aperfeiçoados e isso não nos torna atualmente ruins ou incapazes. Na verdade, é glorioso que nós podemos cada vez mais tomar controle consciente da nossa natureza biológica e assim podermos entender nosso mundo tão profundamente como nós estamos capacitados de melhora-lo.

Em resumo, Eu penso que os Objetivistas podem ser Transhumanistas e podem aprender com o que os Transhumanistas investigam. Mas os Transhumanistas podem ser beneficiar da visão Objetivistas da natureza humana, ética e política.
Tradução de Juliano Torres.


Anarquia Cotidiana

Stefan Molyneux

Clique aqui para ler

As Engrenagens da Liberdade

David D. Friedman

Clique aqui para ler

Teoria do Caos

Robert P. Murphy

Clique aqui para ler

Vícios não são crimes

Lysander Spooner

Clique aqui para ler